ACESA Associação Comunitária de Educação em Saúde e Agricultura . Brasil

Acesa Girau do Mearim - Maranhão

Destaque


ACESA participa do VIII Encontrão das Quebradeiras de Coco Babaçu

07/02/2019

Cerca de 300 quebradeiras de coco babaçu do Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins além das instituições parceiras do Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu e convidados se reúnem no VIII Encontrão intitulado “Mulheres quebradeiras de coco: Resistência nos babaçuais”. A atividade, que elegerá a coordenação geral do MIQCB, será realizada de 07 a 09 de fevereiro, pela primeira vez em terras paraenses, precisamente em  em São Domingos do Araguaia.

Durante os três dias de programação, além da eleição para a coordenação geral e confirmação das coordenadoras regionais (eleitas ao longo da realização dos Encontrinhos), serão definidos o Planejamento Estratégico do MIQCB para os próximos cinco anos e apresentados o novo Estatuto do Movimento. Vale ressaltar que desde novembro foram realizados Encontrinhos nas seis regionais do MIQCB nos 4 estados (MA,PA,PI e TO). Durante as atividades foram trabalhados três eixos estratégicos para o Movimento: Acesso livre ao Território e Babaçu, Educação Contextualizada e Acesso ao Conhecimento e Economia Solidária.

As dificuldades e oportunidades levantadas ao longo dos Encontrinhos serão consolidadas no Planejamento Estratégico do MIQCB. Entre os temas abordados: o desafio do acesso livre ao território onde estão os babaçuais, a queima das florestas do coco babaçu e das pindovas (palmeiras jovens de babaçu), as violências físicas e psicológicas sofridas pelas quebradeiras de coco babaçu.

 Fonte: https://www.miqcb.org/single-post/2019/02/02/Encontr%C3%A3o-das-Quebradeiras-de-Coco-Baba%C3%A7u-acontece-em-S%C3%A3o-Domingos-do-Araguaia-no-Par%C3%A1

Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

Calendário da ACESA 2019

14/01/2019

Compartilhamos o nosso Calendário de 2019 que tem tema: É tempo de semear sementes de democracia e vida. Queremos com essa ideia, dialogar a cerca do nosso entendimento sobre agroecologia enquanto ciência que busca nas práticas e saberes ancestrais as respostas e soluções para a preservação da biodiversidade e da sustentabilidade dos modos de vida e de produção de alimentos.


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

VIVÊNCIAS AGROECOLÓGICAS NA ACESA

19/11/2018

 

É o momento em que jovens oriundos das Escolas Famílias Agrícolas – EFAs passam certo período em uma Unidade de Produção Familiar – UPF que desenvolvem trabalhos da Agricultura Familiar com base na Agroecologia. Nesse tempo os alunos são integrados nas atividades desenvolvidas juntamente com a família a partir de um planejamento prévio das atividades. A troca de saberes os mesmos são oportunizados a colocar em prática a teoria aprendida nas escolas através da metodologia do aprender-fazendo.

Como funciona e quem participa

Atualmente, temos experiências com 10 Escolas Família Agrícolas – EFAs.

Cada EFA apresenta a demanda de vivências (estágios), faz-se a elaboração do calendário em conjunto com as famílias que recebem as crianças e adolescentes. Posteriormente os alunos/as são direcionados as Unidades de Produção Familiar – UPF, onde aluno/a, família e técnico/a fazem um planejamento prévio das atividades e então os/as alunos/as são integrados nas atividades desenvolvidas juntamente com a família.

Cada Unidades de Produção Familiar – UPF recebe com apoio do projeto (implementado em parceria com Kindermissionswerk) para custeio nas despesas com alimentação e transporte dos/as alunos/as). [+]


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral

A ACESA apoia a Caravana Semiárido Contra a Fome

31/07/2018

Caravana Semiárido Contra a Fome

A Caravana Semiárido Contra Fome começou na sexta-feira, 27 de julho, partindo do município de Caetés, no agreste pernambucano.  A pequena cidade é conhecida por ser a terra natal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na principal praça de Caetés, às 16 horas, aconteceu um ato político e cultural que marca o início da caravana. A expectativa dos organizadores é reunir cerca de três mil pessoas, vindas de diversas regiões do nordeste. O ato também conta com a presença do trio de mulheres “As Severinas”, e dos artistas Paulo Matricó e Jorge Filó.

De Caetés, a caravana seguirá para Feira de Santana, na Bahia. Serão três ônibus que vão cruzar o Brasil para chamar a atenção da sociedade e dos agentes públicos do Estado sobre os riscos da volta da fome e da prisão política do ex-presidente Lula. [+]


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

ACESA lança projeto realizado em parceria com MISEREOR

04/07/2018

A ACESA lançou no último dia 02 de julho em sua sede em Bacabal o projeto Agricultura Familiar Agroecológica: Cultivando sonhos, dando eco a vida, com a presença da diretoria, associados e equipe técnica da ACESA, além das organizações ASSEMA, ActionAid Brasil, Comissão Pastoral da Terra, UFMA, AVESOL, Rede Agroecológica do Maranhão, EFA de Pio XII, NEA UFMA. O Projeto é realizado na cooperação com MISEREOR.

O projeto em questão é uma continuidade do projeto Agricultura Familiar: Construindo Igualdade, e prevê ações que ultrapassam a dimensão econômica, considerando também a questão ambiental, social, cultural e política. O trabalho de acompanhamento, tendo como base os princípios agroecológicos, interliga-se ao modo de conceberem a vida, o cuidado com a terra, com a água, as suas relações sociais e com a natureza, consigo e com as/os outras/os.

Esses cuidados com a vida estão relacionados ao não uso de agrotóxicos, à segurança nutricional, à soberania alimentar e à preservação dos recursos naturais porque “não queremos o mal para nós nem para os outros e a agroecologia contribui com a melhoria da qualidade de vida em todos os sentidos”.

O projeto pretende atender diretamente 800 pessoas, sendo 40 famílias associadas em 24 comunidades, 08 Escolas Família Agrícola EFAs, 03 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais – STTR. Ao todo nessas comunidades vivem aproximadamente 1000 famílias que são indiretamente beneficiadas com o trabalho da ACESA.

As famílias de agricultores (as), assentadas e agroextrativistas beneficiarias do projeto, são oriundas de comunidades rurais com questões comuns, motivadas inicialmente pela luta e conquista da terra e atualmente de forma resistente, buscam alternativas para permanecerem em suas comunidades de origem, valorizando seus saberes, cultura e o desejo coletivo de desenvolverem a agricultura com princípios agroecológicos, numa perspectiva de sustentabilidade tanto das famílias como da preservação da agrobiodiversidade de suas comunidades.

Objetivamente, o projeto pretende o “Empoderamento socioeconômico de agricultores e agricultoras familiares a partir da produção agroecológica, comercialização solidária e acesso às políticas públicas na Diocese de Bacabal”. [+]


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

Fundação Grupo Esquel Brasil publica resultado EDITAL DE CONVOCAÇÃO N° 001-2018

18/05/2018

Fundação Grupo Esquel Brasil, por intermédio da Comissão Especial do Processo Seletivo do EDITAL Nº 001/2018, torna público os nomes das candidatas selecionadas do processo seletivo dos territórios 0101 e 0102 ADES/ São Luís, Baixada Maranhense, Campos e Lagos e Munim, abaixo relacionados:

  • Isabel Lima
  • Marta Santos
  • Simone Sousa
  • Rubenice Rodrigues

Agradecemos aos demais candidatos que participaram deste processo, e informamos que iremos adiciona-los ao nosso banco de dados, caso haja disponibilidade de novas para que possamos entrar em contato.

Atenciosamente,

Silvio Rocha Sant’Ana
Diretor-Presidente


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

Agricultura familiar finalmente poderá registrar sua produção de sucos e polpas

10/05/2018

Apesar das ressalvas, Contag avalia como benéfica a nova legislação, que pode abrir caminho para o registro da produção de alimentos de origem animal, como queijos e embutidos.

São Paulo – Em meio a uma agenda de cortes orçamentários e ataques a programas de aquisição governamental de alimentos impostos pelo governo de Michel Temer, que praticamente inviabilizam a produção em pequenas propriedades rurais, a agricultura familiar finalmente tem algo a comemorar. Com a aprovação da Lei 13.648, cuja sanção com vetos parciais foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 12, finalmente será possível registrar e comercializar os sucos e polpas produzidos de maneira artesanal nas pequenas propriedades.

Com isso ganha o pequeno produtor, que pode ampliar sua linha de produtos e a renda, e o consumidor, que terá à disposição novas alternativas, muitas delas mais saudáveis, já que é crescente a produção agroecológica na agricultura familiar. Além de prestigiar os pequenos estabelecimentos, será grande a chance de levar para casa produtos livres de agrotóxicos.

Com origem no PL 7.083, apresentado em 2014, a legislação simplifica o registro do estabelecimento e os requisitos de rotulagem dos produtos. A Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag) recebeu bem a nova legislação, mas com ressalvas. De acordo com o secretário de política agrícola da entidade, Antoninho Rovaris, há muito o setor esperava pela regulamentação. “Nós estávamos aguardando a aprovação. Existe uma tradição no meio rural da transformação da fruta em suco e uma série de outros derivados. E isso, pela legislação anterior, não tinha a menor condição de ser comercializado”, disse. [+]


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

Relatório Institucional 2017 – ACESA

02/05/2018

>> Baixe em pdf: Relatorio ANUAL 2017.compressed


Conteúdo relacionado: Destaque, Documentos

Fundação Grupo Esquel Brasil divulga resultado de seleção do Edital n° 001-2018

A Fundação Grupo Esquel Brasil, por intermédio da Comissão Especial do Processo Seletivo do EDITAL Nº 001/2018, torna público os 02 candidatos selecionados do processo seletivo do território 0103 ADES/MEARIM, abaixo relacionados:

1º. Evanildo Frazão;
2º. Ronald Nunes.
Agradecemos aos demais candidatos que participaram deste processo, e informamos que iremos adiciona-los ao nosso banco de dados, caso haja disponibilidade de novas para que possamos entrar em contato.

Atenciosamente,

Brasília, 02 de Maio de 2018.

Silvio Rocha Sant’Ana
Diretor-Presidente


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

A Fundação Grupo Esquel Brasil torna público Edital de Convocação n° 001-2018

23/04/2018

A Fundação Grupo Esquel Brasil, por intermédio da Comissão Especial do Processo Seletivo do EDITAL Nº 001/2018, convoca os candidatos para a segunda fase do processo seletivo do território 0103 ADES/Médio Mearim, Bacabal, Brejo de Areia, Marajá do Sena, Capinzal do Norte, Lima Campos, Esperantinópolis, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, São Luis Gonzaga do MA, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, Trizidela do Vale, abaixo relacionados:

Santana Freire
Evanildo Frazão
Ronald Nunes
Clesia de Lima Alves
Jadson Lemos

A segunda fase é composta:

Entrevista presencial, análise dos documentos comprobatórios e prova de redação;
A comissão de seleção reserva o direito de obter referências sobre o candidato e informações comprobatórias sobre o curriculum.

Local das entrevistas: Rua 10 de Novembro nº 143, bairro Esperança Bacabal-MA

Dia 25/04/2018

Horário: a partir das 14:00hs


Conteúdo relacionado: Destaque, Geral, Notícias

Próxima página »

Parceiros Misereor Kindermissionswerk PPP-ECOS Programa Pequenos Projetos Ecossociais
DoDesign Brasil