ACESA Associação Comunitária de Educação em Saúde e Agricultura . Brasil

Acesa Girau do Mearim - Maranhão

VIVÊNCIAS AGROECOLÓGICAS NA ACESA

19/11/2018

 

É o momento em que jovens oriundos das Escolas Famílias Agrícolas – EFAs passam certo período em uma Unidade de Produção Familiar – UPF que desenvolvem trabalhos da Agricultura Familiar com base na Agroecologia. Nesse tempo os alunos são integrados nas atividades desenvolvidas juntamente com a família a partir de um planejamento prévio das atividades. A troca de saberes os mesmos são oportunizados a colocar em prática a teoria aprendida nas escolas através da metodologia do aprender-fazendo.

Como funciona e quem participa

Atualmente, temos experiências com 10 Escolas Família Agrícolas – EFAs.

Cada EFA apresenta a demanda de vivências (estágios), faz-se a elaboração do calendário em conjunto com as famílias que recebem as crianças e adolescentes. Posteriormente os alunos/as são direcionados as Unidades de Produção Familiar – UPF, onde aluno/a, família e técnico/a fazem um planejamento prévio das atividades e então os/as alunos/as são integrados nas atividades desenvolvidas juntamente com a família.

Cada Unidades de Produção Familiar – UPF recebe com apoio do projeto (implementado em parceria com Kindermissionswerk) para custeio nas despesas com alimentação e transporte dos/as alunos/as).

Perfil das famílias

A família deve desenvolver trabalho com a agricultura familiar de base agroecológica e se responsabilizar pelo acompanhamento dos/as alunos/as. A Unidades de Produção Familiar – UPF que receber os/as alunos/as deve ter no mínimo 02 setores produtivos funcionando de forma permanente.

Quais as responsabilidades das famílias, EFA´s e UPF´s?

Escolas Família Agrícola e famílias: orientar e acompanhar os/as estudantes no período de vivência;

Unidade de Produção Familiar – UPFs: receber e fazer acompanhamento ao aluno/a; planejar atividades de vivência juntamente com família e técnico/a conforme a idade dos alunos e o setor a ser vivenciado.

Impactos esperados com as vivências agroecológicas

  • Troca de saberes (teórico e prático) entre alunos/as e agricultores apreendido nas Escolas Família Agrícola;
  • Escolas Família Agrícola com sua metodologia fortalecida e aprimorando técnicas de trabalho e conhecimento associado;
  • Educação do campo com um caráter mais direcionado e contextualizado;
  • Valorização do trabalho agroecológico;
  • Aproximação das Escolas Família Agrícola com as famílias de agricultores/as acompanhadas pela ACESA.

Conteúdo relacionado: Destaque, Geral
Parceiros Misereor Kindermissionswerk PPP-ECOS Programa Pequenos Projetos Ecossociais
DoDesign Brasil